top of page

Vale a pena transformar meu hobby em um negócio?




Se essa é a sua dúvida, neste post vamos tentar juntos caminhos que possam lhe ajudar a descobrir se é hora de transformar o seu hobby em um negócio. Bom, vamos lá começar? 


A vantagem é que você já sabe o que fazer e conhece bem a área em que considera trabalhar. Isso acontece com muita gente que começa a fazer algo por hobby ou como bico, mas a atividade acaba crescendo e é preciso (ou bom) se profissionalizar… por exemplo, você pode ter começado a fazer bolo em casa e agora não dá mais conta de tantos pedidos ou você começou a fazer sites para amigos, para ganhar um extra, mas agora recebe pedidos de amigos de amigos e quer aproveitar essa onda de crescimento para se profissionalizar. 


É hora de transformar o hobby em um negócio?


Essa é a pergunta fundamental. Para respondê-la, você precisa fazer mais algumas perguntas: Quem são os seus clientes? Você tem fácil acesso a eles? Eles têm fácil acesso a você? O produto que você vai oferecer é algo que essas pessoas precisam? Ou algo que querem consumir? Estas pessoas estão dispostas a pagar pelo produto ou serviço?


Existem várias formas de organizar os clientes (ou segmentar como se diz mais tecnicamente): por idade, por faixa de renda, por interesses. Organizar os clientes (na sua cabeça ou no papel) é uma excelente forma de entendê-los melhor e responder suas perguntas.


Por exemplo, caso você queira montar um site para vender vinil. Você conhece várias pessoas que curtem música, você mesmo entende tudo de música, conhece os "labels", tem acesso aos revendedores... show. Então, o primeiro passo é identificar o grupo de potenciais compradores (seus conhecidos que gostam de música também, por exemplo) e tentar estimar quantos vão efetivamente comprar o seu produto. 

Feito isso de identificar os potenciais clientes, é preciso avançar no planejamento. Será que os seus conhecidos são um grupo de clientes suficientemente grande para viabilizar o seu negócio? Uma forma de tentar responder a estas perguntas é fazer entrevistas com clientes em potencial, procurar informações na internet, dados governamentais etc. Tendo uma boa ideia de quantos clientes você consegue realmente alcançar, você pode partir para a próxima pergunta. 


Fazendo esse exercício, conversando com os clientes (em potencial), você vai ter respostas iniciais para suas perguntas, inclusive as perguntas sobre preço e sobre como chegar até mais clientes. Aos poucos, você vai ampliando o negócio. E aí, ajudou? Siga acompanhando nosso blog, mande sugestões de temas para abordarmos, o que a Colabora quer é cada vez mais ajudar o seu projeto e/ou negócio a crescer!

113 visualizações0 comentário

Comments


BANNER2---Colabora.jpg

ENDEREÇO FISCAL

Enquanto uma empresa cresce, não dá para estar em todos os lugares. Mas aqui temos um cantinho para a sua

R$

60

todo mês

Eu quero
ELEMENTO-BANNER-2---Colabora.png

+100
clientes

+20
soluções

5
anos no mercado

ondas-rodapé.png
bottom of page